terça-feira, 29 de junho de 2010

MACACOS E BANANAS


Lá no sítio da cabana
da lavoura de banana
só sobrava a plantação.
Mas foi feita a barricada
e a base preparada
para prender o ladrão.

O dono da bananeira
preparou a cartucheira
e ficou lá de plantão.
Não viu o que aconteceu
o bicho todo comeu
não ficou nem o botão.

Um barulho na cascata
mexeu os galhos na mata
ele preparou a munição.
Pisaram na sua garganta
roubaram a sua janta
e fugiram na escuridão.

Aí,o homem ficou surpreso
quando o farol foi aceso
que estava no caminhão.
Ficaram todos envoroçado
era bicho pra todo lado
tinha macaco de montão.

Encurralaram a macacada
e foram descendo a bordoada
sem ter dó,nem compaixão.
Quando o pau aterrissava
era so macaco que pulava
em tudo quanto era direção.

E durante quase uma semana
não sumiu nenhuma banana
não esqueceram o clarão.
Mas soube que no outro dia
sumiu ,uma carga de melancia
la no sítio do Simão.
GIL DE OLIVE